sábado, 13 de outubro de 2012

Pena de Morte: Sim ou Não?

   Assinalou-se esta semana, o Dia Mundial Contra a Pena de Morte com mais de uma centena de países sem a pena de morte no seu sistema judicial.
   A nível mundial temos cinco países responsáveis por 90% das penas de morte (EUA, China, Irão, Iraque e Arábia Saudita).

Opinião: Sou a favor da pena de morte em casos de genocídio, pedofilia, crimes que tenham um certo nível de violência próprios de um ser humano absolutamente irracional. Reconheço que a pena é incerta e extremista em casos de gralha judicial, por isso é uma pena que deve ser bem ponderada e ser decretada em caso de certezas totais. Admito que esta minha opinião, pode vir a ser alterada no futuro, porque esta é uma questão fracturante e que gera alguma polémica. Mexe com o intimo pessoal e com os sentimentos dos seres-humanos, e eu sinto que a minha posição sobre este assunto ainda não está totalmente sedimentada, por isso assumo a falta de fundamentação, de justificação e alguma precipitação que possa ter tido sobre esta problemática.





5 comentários:

Carolina disse...

Eu sou a favor da pena de morte em casos extremos, como aqueles que mencionaste. Dizem que a pena de morte é desumana e que ninguém tem o direito de decidir quando o criminoso morre porque antes de criminoso é humano mas eu digo que quem comete esse tipo de crimes é tudo menos humano. Crimes desumanos não são cometidos por humanos. São cometidos por monstros que merecem um mau final. Pena de morte é pouco para esses, que mereciam sofrer como fizeram sofrer as vítimas.

microcéfalo disse...

Tenho exactamente a mesma opinião.
Embora em determinados momentos a primeira ideia é a de matar alguns indivíduos, quando penso no risco do erro judicial (até o erro premeditado...) e me imagino do outro, tenho que admitir que nenhuma decisão que implique tirar uma vida, pode ser tomada de ânimo leva.
Mas se alguém hoje abatesse o Passos Coelho, eu ia aplaudir de pé. eheheh

Cristiana M. disse...

Eu sou completamente contra a pena de morte! Não que não ache que alguns crimes o merecem! Mas, para esses, a punição deveria ser algo bem mais duro do que uma simples injeção nas veias ou uns segundos sem ar! Deviam sofrer durante todo o resto das suas vidas, um bocadinho daquilo que fizeram as suas vítimas sofrer! A morte é algo muito leve para quem comete tais horrorosidades! Claro que os sistemas judiciais e as próprias prisões teriam de ser reajustadas a esta realidade (o que não acontece atualmente)...

lu de lúcia disse...

concordo com o que disseste e não tenho uma opinião totalmente formada, mas aquilo que a Carolina disse e bem faz parte um pouco daquilo que eu também penso.
isto leva a outro assunto tal como a Eutanásia, aborda esse tema aqui, tens imenso jeito para estas coisas!

lu de lúcia disse...

que bom que aceitas. vou adorar ler.
antigamente as brincadeiras eram diferentes e mesmo nos nossos tempos as coisas eram diferente, presumo "os nossos" porque devemos ter a mesma idade!
é sempre bom visitar-te! tens imensas ideias boas!