quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Mais um aumento de impostos



   Passos Coelho não tem outra receita... "Não chega o dinheiro... Aumenta-se os impostos."
Os portugueses estão cansados de austeridade... Toda esta situação atingiu proporções, que só levarão a cenários de:

  • Fuga ao fisco;
  • Crescimento da economia paralela;
  • Carga fiscal incomportável para famílias, pequenas e médias empresas;
  • Diminuição do poder de compra;
  • Mais desemprego;
  • Degradação das condições de vida;
  • Menor empreendedorismo e menor investimento no nosso país;
  • Aumento da vaga de emigração;
  • Diminuição do PIB e do VAB;
  • Aumento ou estagnação do défice 6,9%, o que tornará mais difícil a meta dos 4,5% para 2012 e quase impossível o objetivo dos 3% prevista no OE de 2013;
  • Diminuição da competitividade;
  • Maior volume de oferta, em relação à procura (acumulação de mercadorias sem viabilidade). 
 
   Enfim, um conjunto infindável de consequências que contribuirão para o afundar de um país totalmente enterrado. Estas políticas não favorecem a regularização das finanças públicas, nem a recuperação económica. É cada vez mais difícil trabalhar em Portugal com uma carga fiscal impossível de suportar, com uma legislação utópica, inconsciente, confusa e com uma burocracia doentia.
 
   O mesmo esforço que o governo aplica na subida da carga fiscal, não vejo a ser aplicado na extinção das fundações e dos institutos públicos, que não se encontram em funcionamento ou não necessitam de tantos apoios financeiros do estado.
   O mesmo esforço que o governo aplica na redução das reformas dos idosos e dos salários da classe média, não vejo a ser aplicado na análise do prejuízo das empresas públicas que dobrou em relação ao ano passado.
   O mesmo esforço que o governo aplica na destruição do Sistema Nacional de Saúde, não vejo a ser aplicado no corte das inúmeras pensões vitalícias dos deputados e portadores de outros cargos políticos de relevo.

   Tudo isto se resume a uma ideia: DESIGUALDADE!!



Um comentário:

Pulseira disse...

Concordo completamente! Vivo completamente revoltada com essa desigualdade!
Não percebo estes inteligentes que só sabem uma solução: aumentar impostos!
Gostei de conhecer o teu blog! Vim cá pela dica da Sweet Caroline
Continua assim!