sábado, 4 de fevereiro de 2012

"Os últimos dias de Henrique VIII" de Robert Hutchinson







É um livro histórico, que nos dá a conhecer uma personagem bastante complexa da história inglesa e europeia. 
Numa altura de terror, provocada pelo clima de desconfiança e medo com a envolvência social... Numa dinastia Tudor com grande poder e influência, Henrique VIII foi uma figura marcante na História, ficando famoso por se ter casado seis vezes e por ter exercido o poder mais absoluto de entre todos os monarcas ingleses.




Entre os factos mais relevantes de seu reinado, destaco a ruptura com a Igreja Católica Romana e seu estabelecimento como líder da Igreja da Inglaterra (ou Igreja Anglicana), a dissolução dos monastérios, e a união da Inglaterra com Gales.
Henrique VIII o tirano, o impiedoso, o sanguinário, o vingativo...
Após trinta e cinco anos como monarca absoluto, Henrique VIII era um homem velho, hediondamente obeso, perverso e raras vezes visto em público. 












Governou pelo terror e foi pioneiro em muitos métodos que os ditadores do século XX tornaram banais. Henrique VIII criou o moderno «julgamento fantasma» e manipulou as facções rivais com um brilhantismo cínico. 
O relato que Robert Hutchinson nos traz dos últimos anos de Henrique VIII tem inúmeras revelações espantosas. Hutchinson desenterrou sentenças de morte, confissões, pedidos de clemência desesperados, provas de chantagem, inclusive as cartas de amor entre Katherine Parr, a última rainha de Henrique VIII, e o almirante Thomas Seymour, que se julgavam perdidas.












Um livro de fácil compreensão e com particularidades muito especiais, que vos vão deixar presos à curiosidade. RECOMENDADO :)













Críticas de imprensa
«De futuro, ninguém que escreva sobre Henrique VIII poderá ignorar este magnífico livro.»
Daily Express 


«A narrativa de Hutchinson, equilibrada e resultante de uma investigação cuidadosa, torna-se ainda mais agradável por ser coerentemente pouco edificante.»
Spectator

2 comentários:

Carolina disse...

Conseguiste despertar a minha curiosidade :)

Sara* disse...

Deve ser mesmo giro o livro! Mas se te interessas por esse assunto tenta ver (se ainda não viste) "Tudors", é uma série mesmo altamente que retrata mesmo bem este tema! ;)